Nesta quinta-feira, 14 de outubro, às 19h30, acontece live sobre a etapa de escuta às Igrejas Particulares do Sínodo 2023

Nesta quinta-feira, 14 de outubro, das 19h30 às 20h45, a Equipe de Animação do Sínodo 2023 no Brasil, promove a live “Por uma Igreja Sinodal” com foco na organização da etapa diocesana, com início previsto para a primeira quinzena deste mês. A transmissão poderá ser acompanhada nas redes oficiais da CNBB: Youtube e Facebook.

A  16ª Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos, com o tema “Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão” acontece em outubro de 2023 como ponto culminante do processo de escutas diocesanas, nacionais e continentais.

De acordo  com o assessor da Comissão Episcopal Pastoral de Cultura e Educação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e membro da Equipe de Animação do Sínodo 2023 no Brasil, padre Júlio César Resende, a live terá o objetivo de formar e capacitar os coordenadores e animadores nas diversas dioceses para que possam conduzir o processo de escuta sinodal em cada uma das Igrejas Particulares.

Confira a programação da live:

19h30 – Oração inicial (Oração de Santo Isidoro de Sevilha)
19h32 – Palavra de boas-vindas – Mariana Venâncio
19h35 – A que se propõe o Sínodo 2023? (Ver + Julgar) – Dom Ricardo Hoepers
19h50 – Respostas às cinco perguntas dos participantes – Mariana Venâncio e padre João da Silva Mendonça Filho
20h10 – Agir: dez núcleos temáticos, etapas até 2023, o que compete à equipe diocesana de animação e como fazer o lançamento em diocese – padre Júlio César Resende
20h25 – Interação com os participantes – Mariana Venâncio e padre Mendonça
20h45 – Encerramento – irmã Teresinha Del’Acqua

Sínodo dos Bispos 2023

 

Convocado pelo Papa Francisco, o próximo sínodo terá como tema “Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”. O processo inaugura uma nova metodologia de consulta que contará com diferentes fases, entre outubro de 2021 e outubro de 2023. A primeira é a fase diocesana, seguida de uma fase continental, as quais gerarão dois Instrumentum Laboris (instrumentos de trabalho) distintos, antes da fase definitiva em nível eclesial. Universal.

O Papa Francisco ressaltou durante a comemoração do 50º aniversário da instituição do Sínodo dos Bispos, em outubro de 2015, que “o Sínodo dos Bispos é o ponto de convergência do dinamismo da escuta recíproca no Espírito Santo, conduzida em todos os níveis da Igreja” Assim, a Secretaria do Sínodo pontua que a articulação das diferentes fases do processo sinodal possibilitará a escuta real do Povo de Deus e será garantida a participação de todos no processo sinodal: “Não é apenas um acontecimento, mas um processo que envolve em sinergia o Povo de Deus, o Colégio Episcopal e o Bispo de Roma, cada um segundo a sua função”.

CNBB

FacebookTwitterWhatsApp